Resultados da pesquisa por colares

Como usar colares no inverno

colares inverno blog

O friozinho do inverno está chegando e com ele surgem as roupas quentinhas deixando o look feminino mais elegante.

Uma dúvida que muitas mulheres têm é de como usar colares nessa época do ano. Há vários modelos que combinam muito bem com golas e blusas mais pesadas. Não é porque o pescoço está protegido que se deve abrir mão dessa joia.

Os colares longos, que ultrapassam a linha dos decotes, ficam charmosos com casacos e camisas. Usar fios de pedras ou pérolas por cima da camisa também é uma ótima escolha.  Modelos compridos recaem perfeitamente sobre o corpo sem ficar “brigando” com golas, agregando muito mais estilo ao look.

Mas se você quiser valorizar a gola de um tricô ou de uma camisa, a opção mais acertada são os colares curtos e volumosos, que preenchem todo o colo.

Quer mais dicas e informação sobre colares? Clique e confira:

https://ouroemoda.wordpress.com/2012/04/02/dica-joias-que-valorizam/

https://ouroemoda.wordpress.com/?s=colares

4

Anúncios

Os Colares da Vez

colares (2)

Depois de uma longa temporada onde os maxi ficaram em evidência, os colares longos surgem novamente, mas em versões atualizadas e modernas. Com pingentes ou não eles atribuem uma característica divertida e impactante aos looks e já começaram a ganhar os pescoços das mulheres nas ruas e eventos.

06 pagina_mix 9d3cc8ac19717bbda62c4df62d14fa26_wwwcleliamidoricombr Colares

Além de lindos, tais modelos de colar alongam a silhueta, afinam e deixam a mulher mais alta. No que diz respeito às combinações eles são verdadeiros coringas — geralmente, eles vão até a altura do umbigo e tem para todos os gostos, com pedras, franjas, correntes, cristais, brilhos ou pingentes grandes. Mas as ousadas, em contrapartida, estão indo além, misturando os longos com os maxi, criando uma produção mais despojada.

Fonte: Infojoia

Colares: Origem e dicas de uso

COLARES DICAS DE USO

Essa palavra, Colar, deriva do latim collum, que quer dizer pescoço. Não há registros históricos sobre a origem do colar. Ele faz parte do grupo de acessórios que embeleza homens e mulheres que buscam dar destaque para o pescoço e o colo, mas desde as primeiras civilizações conhecidas da história, as imagens são retratadas com este adereço. Os homens primitivos faziam amuletos que serviam para ornamentar e ao mesmo tempo dar sorte, geralmente confeccionados de conchas e ossos de animais.
Hoje em dia existe uma grande variedade de acessórios feitos dos mais diferentes materia , nas mais diferentes texturas, formas, com pedras preciosas, em madeira, cerâmica, vidro, esmalte, estes acessórios permitem dar brilho e vida a qualquer look, destacando os look básicos e complementando os looks mais arrojados, fazendo parte constante da produção em todas as ocasiões.
Dicas de Uso
Nos colares vale o bom senso:
Os colares estilo coleira e bem justinho ao pescoço ficam bem para quem tem pescoço longo e para magras, se está acima do peso não invista, prefira colares longos. Pessoas baixas e com muito busto devem evitar os maxicolares, nesse caso opte pelos mais curtos, estilo gargantilha. Já para as mulheres altas ou com pouco busto, podem abusar dos colares. E atenção o comprimento do colar não deve ultrapassar a linha da cintura. E nunca colocar um colar ou uma gargantilha muito grande quando os brincos já forem enormes, pois isso faz o visual ficar carregado, se o colar já for imponente use brincos pequenos e discretos.

famosas com colares

Colares de papel

Vamos usar broches!

broche

O broche desenvolveu-se da antiga fivela greco-romana chamada fibula. A fibula era uma fivela, usada pelos antigos para segurar e compor os trajes da época. Possuía várias formas, mas todas tinham o mesmo mecanismo (alfinete de segurança). E com o passar dos anos ele ganha forma, cores e pedras e nunca saem de moda!
A forma mais fácil, e tradicional, de usar esse acessório é em camisetas básicas e lapelas de blazeres e casacos, porém existem várias possibilidades para usar esse acessório. Veja:

  •  Pode ser usado para incrementar outros acessórios, aplicado em cintos, chapéus, sapatos, cordões e em colares fazendo a vez do pingente, nos colares de pérola eles se destacam, modernizando e enriquecendo qualquer visual!

16791ndm2 196896_980 broche-para-sapato-com-pena 11

  • Usar em lenços também é uma ótima ideia. Ele pode servir também para prender echarpes e xales em looks sociais.

broche-acessorio-de-moda      turbante-festasBrocheKatherine-Heigl-Broochmarron-no-inverno-20132

  • Aplicados às roupas, podem fechar casacos, camisas, cardigãs e até em manga de camisas.

broche_moda (1)images (1)images (2)2009-06-fn-michelle-obama-jazz-brooch1broche-detalhe
O legal dos broches é a sua versatilidade de poder tirar de um lugar e usar em outro, abuse desse versatilidade, use as nossas dicas e transforme o seu look!

Ouro sobe e prata ganha destaque nas vitrines

aneis2

Com o considerável aumento do preço do ouro a partir da crise de 2008, a maioria das indústrias de joias e designers começaram a usar um metal de valor mais acessível para a fabricação de joias, a prata. Considerada um metal nobre, a prata é muito resistente e mais barata do que o ouro e conquistou aqueles que adoram acessórios, não abrem mão de qualidade e nem querem pagar um preço muito alto.

O mercado de joias em prata cresceu consideravelmente e é percebível nas vitrines como o investimento em design e acabamento das peças melhorou muito. “Os armários de hoje têm muito mais pulseiras, colares e brincos, e as mulheres muitas vezes decidem a roupa que vão usar baseadas nos acessórios”, explica Vera Mais, organizadora da Bijoias. Para Vera, o aumento do consumo gerou uma corrida de designers e fabricantes para ter peças cada vez mais bem feitas.

Como o preço da obra prima é mais acessível do que o ouro é possível até mesmo fazer acessórios que seguem as tendências de moda temporal, tendo novidades o tempo inteiro.

Para conferir nossa linha de joias em Prata Clique aqui

Qual é o seu Estilo?

A maneira como você se veste, as cores que você gosta, a música que você ouve, o que você faz nas horas livres. A soma de tudo isso é a sua personalidade, o seu ESTILO.

Analise-se e veja qual é o seu estilo:

Sexy: Não confunda sexy com vulgar. O estilo sexy se destaca por mostrar a sensualidade e a feminilidade da mulher, evidenciando as formas do corpo. Um decote nas costas, uma fenda mais caprichada ou uma roupa justa, mantendo sempre o equilíbrio, tem tudo haver com esse estilo.

Sexy: Não confunda sexy com vulgar. O estilo sexy se destaca por mostrar a sensualidade e a feminilidade da mulher, evidenciando as formas do corpo. Um decote nas costas, uma fenda mais caprichada ou uma roupa justa, mantendo sempre o equilíbrio, tem tudo haver com esse estilo.

Romântico: a feminilidade é o essencial desse estilo. Geralmente as peças são delicadas, usa-se bastante vestidos e saias, tons pastel, nude e flores, tudo com bastante suavidade. Pérolas fazem um par perfeito com esse estilo.

Romântico: a feminilidade é o essencial desse estilo. Geralmente as peças são delicadas, usa-se bastante vestidos e saias, tons pastel, nude e flores, tudo com bastante suavidade. Pérolas fazem um par perfeito com esse estilo.

Moderno: é aquela mulher bem antenada com as tendências e que sabe usá-las e misturá-las com maestria, trazendo um visual atual. São pessoas despojadas que não tem medo de ousar.

Moderno: é aquela mulher bem antenada com as tendências e que sabe usá-las e misturá-las com maestria, trazendo um visual atual. São pessoas despojadas que não tem medo de ousar.

Esportivo: Coloca conforto e a praticidade das peças em primeiro lugar. Peças simples, soltas e confortáveis fazem parte desse estilo. Aqui as joias são discretas, uma pulseira e um brinquinho completam o visual.

Esportivo: Coloca conforto e a praticidade das peças em primeiro lugar. Peças simples, soltas e confortáveis fazem parte desse estilo. Aqui as joias são discretas, uma pulseira e um brinquinho completam o visual.

Clássico/tradicional: invoca respeito, com ar mais formal, sério e rígido. São pessoas tradicionais em relação a aparência. É o visual  aceito universalmente no meio profissional, pois além de transmitir um ar conservador é um visual que nos passa confiabilidade. É um estilo que preza pela atemporalidade, com peças que nunca saem de moda. Joias como pontos de luz, brincos sem muitas pedras, correntes compõem esse estilo. Kate Middleton é um exemplo de estilo clássico.

Clássico/tradicional: invoca respeito, com ar mais formal, sério e rígido. São pessoas tradicionais em relação a aparência. É o visual aceito universalmente no meio profissional, pois além de transmitir um ar conservador é um visual que nos passa confiabilidade. É um estilo que preza pela atemporalidade, com peças que nunca saem de moda. Joias como pontos de luz, brincos sem muitas pedras, correntes compõem esse estilo. Kate Middleton é um exemplo de estilo clássico.

Casual/básico: este estilo segue uma linha despreocupada e o conforto é fundamental. No dia à dia jeans e sapato baixo  estão presentes. Praticidade e conforto são as palavras chaves deste estilo.  As joias também estão presentes, brincos argolas são uma boa escolha e anéis e pingentes de cristal é super prático e combina com tudo, quem tem esse estilo também gosta dos colares menores com poucos detalhes.

Casual/básico: este estilo segue uma linha despreocupada e o conforto é fundamental. No dia à dia jeans e sapato baixo estão presentes. Praticidade e conforto são as palavras chaves deste estilo. As joias também estão presentes, brincos argolas são uma boa escolha e anéis e pingentes de cristal é super prático e combina com tudo, quem tem esse estilo também gosta dos colares menores com poucos detalhes.

Confira as nossas joias no site www.tvshoppingbrasil.com.br

Chocolates, caramelos e frutas cristalizadas viram joias!

Exposição de joias de design contemporâneo com inspiração no passado

Plantas vivas viram acessórios!

Coletivo de designer aposta em plantas como acessórios. O conceito de biojoias chega a um novo patamar pelas mãos da turma da Wearable Planter. Coletivo de designers de Atlanta (EUA), desenvolveram uma linha de joias que transforma plantas de verdade – e vivas! – em acessórios. As peças, que custam em torno de 30 dólares, compõem colares e broches pequenos, ideais para miniplantas como suculentas e musgos. As plantas não estão incluídas no preço das peças, mas elas vêm com manual de instruções sobre plantio. Veja detalhes na galeria abaixo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 Será que essa moda pega? Participe da enquete!

 

 

%d blogueiros gostam disto: