Arquivos do Blog

Feito à mão

Desenhos que poderiam ser obras de arte. Alunas do curso “Técnicas Tradicionais de Pintura para Joalheria”, ministrado pelo designer Ícaro Carlos, promovido pela Associação dos Joalheiros do Estado de São Paulo (AJESP),  aprenderam as técnicas de representação de joias e surpreenderam com resultados que beiram a realidade. “Eu esperava que cada aluna tivesse no final do curso, uma base de cada técnica de pintura. Porém, confesso que me surpreendi com os resultados positivos”, comenta Ícaro.

O curso revelou verdadeiras artistas e ajudou a resgatar técnicas de pinturas quase extintas na indústria joalheira. Com o avanço da tecnologia a técnica de representação manual acabou perdendo espaço para os programas de computador, o que, por um lado, é uma pena  já que os desenhos manuais tornam-se verdadeiras obras de arte.

Confira abaixo alguns trabalhos desenvolvidos pelas alunas:

Brinco feito pela aluna Livia Basile (®Todos os direitos reservados)

Brinco feito pela aluna Livia Basile (®Todos os direitos reservados)

Brinco feito pela aluna  Flávia Martins (®Todos os direitos reservados)

Brinco feito pela aluna Flávia Martins (®Todos os direitos reservados)

Colar feito pela aluna Laura Spiniella (®Todos os direitos reservados)

Colar feito pela aluna Laura Spiniella (®Todos os direitos reservados)

Brinco feito pela aluna Aline Franco (®Todos os direitos reservados)

Brinco feito pela aluna Aline Franco (®Todos os direitos reservados)

Colar feito pela aluna Renata Rodrigues (®Todos os direitos reservados)

Colar feito pela aluna Renata Rodrigues (®Todos os direitos reservados)


Fonte: infojoia.com

Anúncios

Ouro Rosé: tendência na joalheria

Um dos metais mais populares da Rússia no início do século XIX era o ouro de tonalidade rosada. Durante muito tempo foi chamado de ouro russo, e depois passou a ser chamado de ouro rosa ou ouro rosé.  Essa cor de ouro ficou esquecida por muitos anos, até que, há alguns anos, as joalherias voltaram a apostas no ouro rosé em suas criações.

A bela e distinta cor do ouro rose é criada pela mistura do ouro puro (naturalmente dourado) a uma liga de prata e cobre. Mas o principal responsável pela coloração é o elemento cobre, que em determinadas dosagens possibilita variações de tonalidade do ouro, que vão do vermelho intenso ao rosa mais suave.

Uma tendência que veio para ficar, o ouro rosé já apareceu misturado ao ouro branco e amarelo, o que deixa a produção muito sofisticada e esse ano as joalherias apostaram na mistura com o diamante chocolate e ródio negro o que proporciona um contraste moderno a joia.

Vale a pena apostar no ouro rosé, ele percorre passarelas de grandes desfiles de moda e vem ganhado espaço na alta joalheria. Escolha as joias desta cor e combine com seu estilo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pérolas e algo mais…

 

As pérolas são gemas clássicas e nunca saem de moda, mas que tal atualizar o seu look para sair um pouco do tradicional? Misturar o seu colar de pérolas tradicional com diversas cores de ouro e pedras transforma o visual na hora, deixando mais moderno. Uma opção interessante e perfeita para o dia a dia é usar gargantilhas delicadas que harmonizam com a feminilidade das pérolas sem tirar seu foco. Use a sua criatividade dentro do seu estilo, o que vale é misturar!

perolas e algo mais

 

Ametista: gema do mês de Fevereiro

%d blogueiros gostam disto: